Melhor Blogue Open World 2017 (momondo) // Melhor Blogue de Fotografia de Viagens 2014, 2015 e 2016 (BTL Blogger Travel Awards)

As igrejas de Velha Goa

Pornnem Goem. Adlem Gõi. Goeam. Old Goa.

Velha Goa em português. Antiga capital da Índia portuguesa no auge do Império, o seu destino faz lembrar a Ilha da Páscoa. Diz-se que chegou a ter 200 mil habitantes, o que era mais o que Lisboa inclusive. Depois veio a doença. Malária, cólera, peste.  Foi abandonada no século XVIII e hoje não sobra praticamente nada da metrópole.

Ficaram as igrejas, agora classificadas como Património Mundial: a igreja de São Francisco de Assis, a Sé Catedral e a Basílica de Bom Jesus.

De Panjim, a atual “capital” do estado de Goa, faz-se facilmente um “day tour” até Velha Goa. Nem tanto. Uma tarde será suficiente para ver o essencial. As igrejas lindíssimas. Por mais que saibamos de antemão que em Goa vamos encontrar edifícios tipicamente portugueses, não deixa de nos surpreender o quão longe fomos construir as nossas casas, palácios e igrejas.