Melhor Blogue de Fotografia de Viagens 2014, 2015 e 2016 (BTL Blogger Travel Awards) // Melhor Blogue de Viagens Open World 2017 (Momondo)

Na ponta de Portugal

Apresento-vos o habitante que vive mais a norte de Portugal. O senhor Alípio vive rodeado por terras espanholas, ou melhor dizendo, galegas, já que por ali as placas para Espanha estão todas rasuradas e nelas lê-se antes “Galiza”. Perto de São Gregório, no concelho de Melgaço, o ponto mais a norte do país é rodeado pelas águas do rio Minho e do rio Trancoso (Barxas).

Conheci-o antes de entrar na caneja (caminho estreito) que me ia levar ao marco de fronteira nº1, a pedra que assinala o ponto mais a norte do país. Ia fotografá-la para um site de turismo do Alto Minho e mal sabia o quão difícil era chegar a ela. O caminho, agora meio devoluto, era usado antigamente para fazer contrabando (sobretudo de bens alimentares) entre Portugal e Espanha.

O senhor Alípio tinha muito para contar sobre aqueles tempos, mas infelizmente não percebi grande coisa do que dizia. Fiquei apenas a saber que dali se ouve o cantar dos galos de três províncias: Minho, Pontevedra e Ourense. Um privilégio apenas ao alcance de quem vive na casa mais a norte do país. Sublime.



Comentários (4)