Melhor Blogue de Fotografia de Viagens 2014, 2015 e 2016 (BTL Blogger Travel Awards) // Melhor Blogue de Viagens Open World 2017 (Momondo)

A Cidade Dourada

Jaisalmer era a mais remota e mais pequena das cidades do itinerário indiano. Com apenas 80 mil habitantes, Jaisalmer recebeu-me como um oásis de tranquilidade depois das grandes cidades do Rajistão. A localização em pleno deserto de Thar (a pouco mais de 80 quilómetros do Paquistão) conferiu-lhe o epíteto de “Cidade Dourada”, uma vez que as construções são feitas com a pedra amarela do deserto.

O ex-libris indiscutível de Jaisalmer é o forte de nome homónimo, construído em 1156 e um dos maiores do mundo. Quase todo o interesse turístico está dentro do forte, mas nas redondezas existem alguns templos jain e havelis (casas de antigos mercadores indianos, decorados com paredes e janelas detalhadamente esculpidas). Apesar dos 45-50 graus, Jaisalmer foi um excelente local para voltar a ganhar forças antes de partir para dois dias no deserto Thar.