Vencedor do 1º Prémio dos Open World Awards 2017 da momondo // Vencedor do prémio Blogue de Fotografia de Viagens 2014, 2015 e 2016 da BTL Blogger Travel Awards

Bio


– jornalista, fotógrafo, gestor de projetos, blogger e viajante –

Nasci em 1982, em Tomar. Costumo dizer, meio na brincadeira, que passei a minha infância numa ilha. É meio verdade. Não passei lá a infância toda, mas grande parte. Chama-se Ilha do Lombo, um paraíso rodeado pelas águas da Albufeira de Castelo de Bode. Fui habituado desde cedo, portanto, a contemplar paisagens de sonho. Ainda hoje as persigo. Vivia numa estalagem, que me deu desde cedo um contacto com o universo do turismo, que acabaria por me acompanhar até hoje.

Tirei uma licenciatura em Comunicação Social e fiz dois estágios em jornais regionais. O último semestre da licenciatura acabou por ser determinante no despontar da minha paixão por viagens. Em 2006 fiz uma viagem de autocarro de 27 horas, de Guimarães a Bruxelas, e depois até Leuven, na Flandres, onde estudei Ciências Sociais durante seis meses. Como tantos jovens, também eu cresci muito com aquela experiência, rodeado de pessoas de todo o mundo e com vários países diferentes à distância de duas ou três horas de autocarro.

Regressei com sede de mudança. Nesse ano fui para o Porto durante três meses, que se transformaram em seis anos. Estagiei na secção de desporto do Jornal de Notícias, altura em que o jornalismo entrava em crise de forma mais acentuada. No dia seguinte a terminar o estágio comecei a trabalhar na InfoPortugal, onde tive a sorte de conseguir trabalhar nas áreas que mais me motivam: jornalismo, fotografia, turismo, viagens e geografia.

A paixão pela fotografia e viagens crescia. Tirei alguns cursos de fotografia, comecei a viajar pela Europa e fiz um interrail à volta do Adriático.

Passei os anos de 2007 e 2008 na estrada, a pôr Portugal no mapa. Fiz cartografia por todo o país, ilhas incluídas, e fotografei os principais monumentos, paisagens, hotéis e restaurantes de Portugal. Fiz visitas virtuais, fotografia e textos para brochuras, mapas e sites. Fiz de tudo, desde georreferenciar e fotografar todos os sinais de trânsito do concelho de Vale da Cambra, até fotografar todas as praias do Algarve, todas as principais atrações dos Açores e os melhores hotéis e restaurantes do país.

A partir de 2010, passei a fazer gestão de projetos, sobretudo ligado a material promocional (brochuras, mapas e sites) e, sempre que podia, voltava para o terreno acompanhado da câmara e tripé, à procura do contacto com os lugares e as pessoas.

Em 2012 mudei de ares e rumei a Lisboa. De 2011 a 2015 colaborei com o Boa Cama Boa Mesa, do jornal Expresso, onde fui jornalista e fotógrafo. Fiz artigos e reportagens, fui a restaurantes, hotéis e outros espaços, fazendo críticas e fotografando os locais e a comida, tanto para o guia anual Boa Cama Boa Mesa, como para o site. Publiquei também artigos e fotografias na Revista do Expresso e no Expresso Diário. Durante esse período colaborei com artigos e fotografias na secção de viagens da revista Caras.

A fotografia e as viagens acompanham o meu percurso, não só profissional, mas sobretudo pessoal. Ganhei alguns pequenos concursos, fotografei para várias brochuras e sites e publiquei em várias publicações. Viajei pela Europa, pelo Sudoeste Asiático, Índia e Peru.

Em 2013, criei o blog Uma Foto, Uma História e passado alguns meses, já em 2014, ganhei o prémio da BTLMelhor Blogue de Fotografia de Viagens“, para além de uma nomeação para Melhor Blogue de Viagens – Escolha do Público. Façanha que repeti em 2015 em 2016, com novas nomeações para os dois prémios e vitórias na categoria de “Melhor Blogue de Fotografia de Viagens”. O blog foi considerado pelo portal SAPO um dos 10 melhores blogues de viagens nacionais. Este projecto nasceu da vontade que tive de partilhar as minhas viagens. Este é o espaço onde tento transmitir aquilo que vivi e vivo, tanto com dicas sobre os locais em si, como através de histórias simples de todos os dias. Porque cada fotografia tem uma história. 

Em 2015 colaborei com o site Próxima Viagem e fui fotógrafo-curador do Olhares. Nesse ano comecei também a organizar passeios turísticos em Lisboa ligados à fotografia e a dar workshops de fotografia, ao mesmo tempo que segui o meu percurso como fotógrafo freelancer, fotografando eventos, sessões e outros projetos.

Em 2016 aceitei um novo desafio e comecei as minhas funções como Editor Online na Plot Content Agency. Durante esse ano fui formador de fotografia na Academia Olhares, onde dei os workshops de Fotografia de Rua e de Fotografia Nocturna. Continuo a dar workshops e a fazer palestras de fotografia, tanto em nome próprio, como para marcas, como a Fujifilm.

 


 

Ver CV