Melhor Blogue de Fotografia de Viagens 2014, 2015 e 2016 (BTL Blogger Travel Awards) // Melhor Blogue de Viagens Open World 2017 (Momondo)

8 blogues de viagens e fotografia em que me inspiro


Uma das coisas boas de ter vindo a ganhar prémios com o meu blogue é conhecer vários colegas deste maravilhoso mundo dos blogues de viagens e fotografia. Já acompanhava o trabalho de alguns, outros passei a acompanhar e outros ainda nem sequer conhecia.

Tem sido genuinamente gratificante conhecer alguns destes companheiros viajantes. Mesmo que, como eu, passem infelizmente bem menos tempo em viagem do que gostariam, os artigos e fotografias que criam são-me cada vez mais úteis na hora de pesquisar sobre um determinado destino. Aliás, passaram a ser um dos principais meios de pesquisa na definição dos meus itinerários de viagem.

Existem projectos que realmente admiro e por isso criei esta lista. São projectos que evidenciam por serem feitos com verdadeiro brio, que implicam horas de estudo, esquematização, produção de textos, edição de imagens, SEO e todos os outros elementos que um bom blogue pressupõe.

Alguns já são até mais do que blogues, são verdadeiros sites, e outros até têm colaborações externas, como se de publicações jornalísticas se tratassem. Esta lista tem essas duas tipologias: blogues puros e duros, mais pessoais e simples; e sites de viagens, mais completos e noticiosos. Na hora de pesquisar sobre destinos, ou simplesmente acompanhar o percurso de alguns dos autores, não faço distinção, sei que com estes blogues encontrarei informação de qualidade.

Eis o meu “top 8”:

 

1 – Alma de Viajante

Provavelmente o blogue/site português de viagens que consulto com maior regularidade. Criado, em 2001, pelo Filipe Morato Gomes, está muito bem estruturado, é actualizado regularmente e, acima de tudo, tem informação útil e bem esquematizada sobre os destinos. Os textos não são demasiado curtos, nem demasiado longos, nem demasiado informativos, nem demasiado pessoais – têm o equilíbrio certo. Gosto.

2 – Viagens à Solta

Descobri este blogue há cerca de um ano e rapidamente me rendi. A cargo do (simpático) casal Paulo Azevedo e Sofia Cruz, o Viagens à Solta consegue estar naquele sweet spot perfeito entre conteúdo relevante e conteúdo pessoal, que considero essencial para um bom blogue. Os textos são muito bem escritos, as fotografias deslumbrantes e as dicas essenciais. O blogue tem o bónus de ter também um grande foco em Portugal, mostrando deliciosos cantinhos desconhecidos do nosso país.

3 – Viajar entre Viagens

Mais um projecto feito a dois, desta vez pela dupla Carla Mota e Rui Pinto, dois professores cuja pergunta mais devem ouvir é: “mas como conseguem vocês ser professores e viajar tanto”? Eles têm resposta, e está no Viajar entre Viagens, só precisam de a ir buscar. Eu já fui e acompanho as viagens deles há muito tempo. Têm-se fartado de ganhar prémios, sobretudo graças ao cunho pessoal e genuíno que dão aos textos e fotografias que publicam.

4 – Viajário ilustrado

Descobri este blogue recentemente. Ao contrário dos anteriores, o Viajário ilustrado tem o layout de um blogue tradicional. A simplicidade domina e isso é bom. E adivinhem… é alimentado por outra dupla: a Ana Catarina Silva e o Carlos Brum Melo. Os textos são ao estilo de crónica de jornal: escrita corrida, sem interrupções, ou links, ou listagens, mais um diário do que se passou em determinado dia e em determinado sítio. Menos guia completo, mais diário de bordo. Por mim perfeito.

5 – Menina Mundo

Um blogue pessoal em que a protagonista já é quase uma estrela nacional. A amorosa Mia serve de “desculpa” para o casal Miriam e Nelson nos brindar com a qualidade dos seus textos e imagens. São o que um blogue deve ser: um genuíno relato de experiências em viagem, neste caso ainda mais irresistível por querermos sempre saber mais e mais sobre onde anda a Mia e como se tem adaptado ela a crescer rodeada de tanto mundo.

6 – António Luís Campos

O António é fotógrafo e um daqueles que vale mesma a pena seguir. E é por isso que passo sempre pelo blogue dele. O projecto, em nome próprio, é de uma simplicidade que me apraz e as histórias que ele conta, e as fotografias que tira, têm uma qualidade inegável. Prova disso é o seu projecto paralelo, Crónicas da Atlântida, que retrata as 9 ilhas dos Açores ao longo de 9 meses. Identifico-me com as fotografias dele e é para mim uma referência.

7 – Ao Sabor do Vento

É verdade, já colaborei com este projecto, mas isso não tem nada que ver com o facto de ser um excelente projecto feito pelo Agostinho Mendes. Na verdade não é um blogue, é mais um site colaborativo, um arquivo muitíssimo completo de crónicas, reportagens e dicas sobre quase todos os países do mundo.

8 – Got2Globe

Descobri o Got2Globe há pouco tempo. Já seguia o trabalho do duo Sara Wong e Marco Pereira, nomes conhecidos da escrita e fotografia de viagem em Portugal, não sabia é que tinham um blogue onde publicavam o seu trabalho. Quando, este ano, os vi “roubarem-me” o prémio de Melhor Blogue de Fotografia de Viagem da BTL, que me tinha sido atribuído em todas as outras três edições, percebi o porquê. O blogue é de facto muito bom e passei a ser um fiel seguidor.

 

Extra: outros blogues e sites de viagens que sigo

 

Viaje Comigo: site de viagens com milhares de seguidores, com as últimas notícias e com as aventuras da Susana Ribeiro

Fui dar uma volta: quem se interessa pelo Sudoeste Asiático, não procure mais, este é o blogue certo

Tempo de viajar: projecto de André Parente. Gosto sobretudo da secção Crónicas de viagem

Travellingwithtania: outra descoberta recente. Não percam os textos sobre a Coreia do Norte

Contramapa: blogue em franca ascensão. Os vídeos parecem-me uma aposta ganha

Oliraf: blogue para quem se interessa por factos históricos de monumentos e locais portugueses (e não só)

O meu escritório é lá fora: blogue sobre as viagens do meu conterrâneo abrantino, Carlos Bernardo


Comentários (3)

  1. Oliraf

    Obrigada pela menção, Gabriel.Mendes. Fico contente que as minhas fotografias mostrem a minha paixão por viajar pela História. E partilho da tua opinião, em relação às oportunidades para viajar. São poucas, mas são vividas intensamente.

    Bem Hajas.

    Responder